Diferente do tipo 1 que ocorre pela falta da produção de insulina, hormônio que controla os níveis de glicose no sangue, no diabetes tipo 2, que conta com dois fatores de risco (o ambiental: obesidade e sedentarismo e genético: histórico da doença na família),  a insulina continua a ser produzida normalmente, mas o organismo desenvolve uma resistência. A seguir, 12 passos para evitar a diabetes tipo 2.

  • 1. Perca a barriga. O acúmulo da gordura visceral, aquela na região abdominal é um dos principais fatores de risco para o diabetes tipo 2.
  • 2. Faça atividade física diariamente. Estudos relacionaram o exercício físico ao menor risco, assim como o sedentarismo pode levar ao desenvolvimento da doença.
  • 3. Durma bem. Um estudo da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, mostrou que dormir mal ou de forma inconstante, aumenta o risco de obesidade e de diabetes.
  • 4. Sem stress.  O diabetes se favorece de perturbações geradas nos sistemas neuroendocrinológico e imunológicos que provocam maior produção de hormônios como o cortisol e a adrenalina.
  • 5. Coma pouco, devagar e não esqueça do café da manhã.
  • 6. Evite comer gordura. O risco de desenvolver diabetes aumenta 51% se forem consumidos 50 gramas de carne vermelha processada por dia, e 19% se forem ingeridos 100 gramas diárias de carne vermelha não processada.
  • 7. Prefira os alimentos integrais que são excelentes alternativas para substituir comidas que possuem farinha de trigo, como o pão francês, conhecidas por elevar as taxas de glicose no sangue que favorece o surgimento do diabetes.
  • 8. Não exagere nas frutas. As pessoas predispostas ao diabetes devem consumir menos frutas adocicadas que têm muito carboidrato e frutose – o açúcar das frutas –,  como as uvas ou o caqui.
  • 9. Coma queijo e iogurte com moderação. Duas fatias de queijo ou 55 gramas de iogurte por dia podem reduzir o risco de diabetes tipo 2 em 12%. Porém, o queijo contém gordura saturada e o excesso não é recomendado.
  • 10. Escolha café descafeinado. O café não é recomendado a pessoas com tendência a doenças cardiovasculares. Mas a bebida descafeinada não provoca condições como pressão alta e protege o organismo contra diabetes tipo 2.
  • 11. Fuja da bebida. Ingerir bebida com teor alcoólico, além de ser extremamente calórico, eleva o risco de contrair o diabetes.
  • 12. Coma amêndoas. Elas aumentam a sensibilidade à insulina e reduzem os níveis de açúcar na corrente sanguínea e são armas poderosas contra o diabetes tipo 2.